publicidade

Notícias

22.08.2011

Internacional

300 mil crianças podem morrer de fome na Somália

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), mais de 300 mil crianças correm risco de vida devido a desnutrição aguda, no Chifre da África. A seca que atinge a região é a pior dos últimos 60 anos e só na Somália quase metade da população (3 milhões e 200 mil pessoas) precisam de ajuda imediata para sobreviver. Um campo de Refugiados criado pela ONU, para abrigar 30 mil pessoas, já tem 440 mil refugiados na fronteira entre a Somália e o Quênia. São pessoas fugindo de guerras, miséria e fome. Para ajudar a Somália, uma das opções de doação é pelo site do Médico Sem Fronteira msf.org.br

Voltar

publicidade

Publicidade
Fundação Exclusiva
Rua Carlos Razera, 286
Cep 80810-310 - Vista Alegre - Curitiba - PR
Fone/fax: 41 3029.2121
Hospedado por