publicidade

Notícias

21.10.2011

Ciência e Tecnologia

A Grande Muralha Digital da China

A China defendeu seu direito de censurar a internet, alegando a necessidade de "proteger o público". Segundo a agência de notícias Reuters, a declaração foi feita depois que os Estados Unidos pressionaram o país asiático a explicar suas restrições a empresas norte-americanas. Os Estados Unidos querem saber por que o projeto de censura e vigilância, chamado de "Grande Muralha Digital da China", impede tantas companhias norte-americanas de oferecerem serviços via internet. A China tem mais de 450 milhões de usuários da internet e proíbe diversos sites, inclusive o Facebook, Twitter e YouTube, temendo que o livre compartilhamento de imagens e informações gere instabilidade social e prejudique a segurança nacional. 

Voltar

publicidade

Publicidade
Fundação Exclusiva
Rua Carlos Razera, 286
Cep 80810-310 - Vista Alegre - Curitiba - PR
Fone/fax: 41 3029.2121
Hospedado por