publicidade

Notícias

11.08.2011

Mundo

América do Sul deve dobrar a capacidade energética até 2030.

De acordo com a Comissão para América Latina e Caribe (CEPAL), a America do Sul deverá dobrar sua capacidade energética até o ano de 2030. Com a expansão econômica da região, será necessário mais 200 gigawatts de capacidade de geração de energia para evitar apagões. Esse pacote é avaliado em 500 bilhões de dólares e pode atrapalhar o crescimento econômico da América do Sul caso não seja feito. Em alguns países como Bolívia e Chile, o racionamento de energia já está acontecendo.

Voltar

publicidade

Publicidade
Fundação Exclusiva
Rua Carlos Razera, 286
Cep 80810-310 - Vista Alegre - Curitiba - PR
Fone/fax: 41 3029.2121
Hospedado por